O que é Teatro Documentário?

Hoje, dia 27, sexta-feira, as portas do Pavilhão do Teatro de Anônimo estarão abertas para, às 15h, darmos início ao “diálogo 1” a partir do tema “O que é Teatro Documentário?”. Estão confirmadas as presenças de Flavio Sanctum – doutorando pela Unirio e integrante da equipe de curingas (educador social) do Centro de Teatro do Oprimido (RJ) – e Marcelo Soler – doutorando pela ECA – USP, diretor e dramaturgo da Cia Teatro Documentário (SP) -, via Skype. A entrada é franca.

Anúncios

Marcelo Soler na abertura do encontro

Foto de “Este Vasto Terço de nosso Belo Reino”, encenado por Marcelo Soler e Márcio Rossi

No próximo dia 27, sexta-feira, convidamos Marcelo Soler para uma conversa – via Skype – sobre  o tema “O que é teatro documentário?”. Sem o objetivo de definir o conceito, ele falará de suas perspectivas teóricas e práticas junto a Cia. Teatro Documentário (SP).

Vale lembrar: além de Marcelo Soler, teremos a presença de Flavio Sanctum neste mesmo dia.

Breve ensaio sobre o conceito de Teatro Documentário

“No teatro contemporâneo, o ato de documentar nada mais é do que construir um ponto de vista sobre a realidade, tendo em vista que a representação nunca aborda a totalidade, mas sim a fragmentação seletiva dos fatos. Dessa maneira, todo ato de recriação documental é uma ação investigativa, já que é uma percepção metafórica sobre a realidade. Conseguimos compreender que a subjetividade também é uma instância produzida não somente pela sua realidade em si, mas também em função da produção do seu discurso (que seria a sua representação). O palco se transforma na produção de memória social.”

– trecho do texto “Breve ensaio sobre o conceito de Teatro Documentário”, de Davi Giordano, publicado no site eRevista Performatus.

Clique aqui para ler o texto na íntegra.

Presença confirmada de Celina Sodré no dia 28

Foto de divulgação do espetáculo “TransTchekov”, dirigido por Celina Sodré

Celina Sodré, diretora do Studio Stanislavski, que investiga o ator como performer, a partir do método das ações físicas de Stanislavski, estará presente no encontro do dia 28, sábado, conversando sobre “Procedimentos e Metodologias de criação documentária”.

“TransTchekov” (foto), de direção de Sodré, era composto por fragmentos de peças de de Anton Tchecov com experiências reais da vida de travestis e transexuais, como conflitos familiares e questões que envolvem a mudança de sexo.

Vale lembrar: além de Celina Sodré, teremos a presença do bailarino Marcelo Braga neste mesmo dia.

Janaina Leite: do diário a cena

Foto de divulgação do espetáculo “Festa de separação: um documentário cênico”

Com o objetivo de compreendermos possíveis territórios a cerca do tema “Perspectivas afetivas e narrativas de si”, Janaina Leite, atriz e uma das criadoras do espetáculo “Festa de separação: um documentário cênico”, conversa conosco – via Skype – no dia 29, domingo, sobre de suas experiências cênicas e pesquisa.

Vale lembrar: além de Janaina Leite, teremos a presença da atriz Carolina Virgüez neste mesmo dia.

Sobre a dança de Marcelo Braga

Foto de “O Homem Vermelho”, criado por Marcelo Braga

Diante da perspectiva interdisciplinar do dito “teatro documentário”, convidamos Marcelo Braga, bailarino, para uma conversa sobre “Procedimentos e Metodologias de criação documentária” no dia 28, sábado.

O solo “O Homem Vermelho” é resultado do solitário processo de tratamento de Marcelo Braga, acometido por um linfoma raro, obrigando-o a se afastar da Atelier de Coreografia, companhia em que havia trabalhado por 22 anos, nas criações do coreógrafo João Saldanha.